Adega Laurianti


A história da Itália se cruza com o do Caminho do Vinho – São José dos Pinhais. Famílias inteiras que desembarcaram em terras brasileiras no passado, fizeram do seu dia-a-dia um árduo trabalho de adaptação e preservação de suas tradições. Homens e mulheres, hoje descentes destes bravos guerreiros italianos, continuam lutando para preservar a cultura e deixar novas marcas para as futuras gerações.

A história da família Laureanti é um exemplo disso. Giacomo Laureanti chegou ao Brasil em 1950, no período pós-guerra, onde o trabalho e o custo de vida na Itália ficaram muito difíceis. Vindo da Província de Catania, Nono Giacomo trouxe consigo o amor pela produção de vinhos. Anos mais tarde, com a ajuda dos filhos brasileiros, abriu a Cantina Laureanti, onde comercializava os vinhos produzidos pela família.

E aí foi a vez do filho mais novo Marcelo Laureanti seguir os passos do pai: hoje é Marcelo quem cuida da Adega Laureanti. Atualmente Nono Giacomo se dedica ao artesanato, criando lindas peças em madeiras e quadros que são verdadeiras obras-prima.

A Adega Laureanti vende vinhos produzidos na vinícola. Tinto seco, branco seco, tinto suave, branco suave e o doce. E fica a dica: é possível degustar dos deliciosos vinhos antes de escolher qual levar para casa.

 

Vinhos Don Gabriel


Paolo Pissaia em meados do ano de 1880 vindo da região de Trevizzo, Itália, trouxe em sua bagagem a receita de um bom vinho e encontrou em São José dos Pinhais, na Colônia Mergulhão – hoje “Caminho do Vinho” o local ideal para manter viva essa antiga tradição italiana. Assim, ensinou para seu filho Vitório Pissaia as técnicas de como se produzir vinho e que ainda hoje é seguido por neto, esposa e bisnetos, mantendo a mesma receita trazida há mais de 100 anos.
Possui vários produtos coloniais como: vinhos das uvas bordo (terci), Niágara, Beijaraca, Cabernet Sauvignon e Moscatel, queijos, salames, linguiças, geleias, doces, sucos, conservas, vinagre, etc…

O nome Gabriel de “Don Gabriel ” é uma homenagem a um filho que faleceu ainda muito jovem.

Possui amplo estacionamento e conta com visitação à área de produção dos vinhos através de um túnel.

Facebook: Vinhos Don Gabriel

Telefones: (41) 3635-1360/ 99245-0288

Email: vinhosdongabriel@hotmail.com

Atendimento todos os dias das 09h às 18h

Não deixe de nos fazer uma visita.

 

 

 

 

 

 

Vinhos Irmãos Juliatto


Há mais de 100 anos, a Família Juliatto produz vinhos na Colônia Mergulhão. Vinda da região de Veneto, na Itália, os irmãos Paulo, Luciano e Ernesto Juliatto continuaram com a tradição italiana de produzir vinhos e passaram para seus filhos, que, hoje administram a vinícola. Os vinhos dos Irmãos Juliatto, que ficam na casa 3797, são produzidos com uvas da Serra Gaúcha.

Vinhos, sucos, geleias, queijos, salames e outros produtos coloniais estão disponíveis na vinícola. A vinícola tem um grande barril de vinho e uma carroça, parada obrigatória dos turistas para registrar com fotos a passagem pelo Caminho do Vinho.

Telefone: (41) 3635-1221

Aceita todos os cartões

Aberto todos os dias das 9h às 18h

 

 

Vinhos Dom Roberto Perbiche e Museu


 

Há mais de dez anos, Roberto Perbiche resolveu deixar a agricultura e as estradas como caminhoneiro e voltar a suas origens: passou a produzir vinhos e produtos coloniais em sua propriedade. Além dos vinhos, um dos diferenciais da vinícola são as bolachas e geleias produzidas pela esposa de Roberto, Dona Diva, de forma artesanal. O que começou como um agrado para os filhos nos finais de semana se tornou destaque do empreendimento do casal: as bolachas e geleias Divina são sucesso em todo o Caminho do Vinho.

O licor de laranja, a grapa (destilado feito com a casca da uva) e a cachaça com uva, todas de fabricação própria, também são destaques da vinícola.

Telefone: (41) 3383-1803

www.vinicoladomroberto.com.br

Aberto todos os dias das 9h às 18h.

Aceita cartões de crédito.

 

 

Museu 

O Museu  fica dentro da propriedade do Vinhos Dom Roberto Perbiche. O museu começou como um acervo familiar e, aos poucos, as famílias da região passaram a colaborar com o museu, doando utensílios antigos.

Televisões, ferros de passar á brasa, máquinas antigas de costuras, rádios, panelas antigas, garrafinhas de refrigerante que não se encontram mais e vários utensílios usados na fabricação de vinho pelos primeiros moradores da Colônia Mergulhão compõe o museu.

Aberto diariamente para visitação.

Cantina Della Mamma


Dona Bernadete Scrobote é quem está a frente do empreendimento, que faz jus ao nome: a casa da mamãe. Bernadete e seus filhos continuam a tradição da família Pissaia. Fortunato Pissaia, bisavô do marido de Bernadete, veio da Itália e manteve o costume de produzir vinhos e vendê-los aos conhecidos.

Pães, bolos, tortas, geleias, manteiga, queijos, conservas de frutas, além dos vinhos, são de produção própria, feitos pela Mama Bernadete e seus filhos. Quem for a Cantina Della Mamma vai encontrar o ambiente rural 100% natural: os produtos são comercializados dentro de um paiol antigo, no maior estilo das antigas casas do interior. Alguns dos destaques do estabelecimento são: conservas de berinjela e pepino agridoce e o figo caramelizado em calda.

Facebook: Cantina Della Mamma

Telefone: (41) 3635-1384

Aceita cartões de crédito

Aberto todos os dias das 9h às 18h

 

Vinhos do Italiano


Mario Belino trouxe da Itália a tradição de produzir vinhos. Vindo da Sicilia, na Itália, Mario Belino passou a administração da vinícola para seus três filhos, que estão a frente das quatro lojas da família.

Há 20 anos, a família produz vinhos com a uva produzida no Parreiral Bellino, dentro de uma fazenda em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul. O Vinhos do Italiano é o maior produtor de vinho do Caminho do Vinho: chega a produzir mais de 11 mil litros de vinho por ano.

Além da ampla loja no Caminho do Vinho, há lojas no bairro Costeira e no centro de São José dos Pinhais, além de uma na Avenida das Torres, em Curitiba. Além dos vinhos produzidos pela vinícola, todas as lojas possuem produtos coloniais como conservas queijos, salames, geleias e suco de uva.

Telefones:

Loja Caminho do Vinho: (41) 3635-1105

Loja Costeira: (41) 3098-6093

Loja Curitiba: (41) 3635-1326

www.vinhosdoitaliano.com.br

Aceita cartões de crédito.

Aberto todos os dias das 9h às 8h.

 

Vinhos Vô Vito


Naturais de Treviso (Província de Vêneto, na Itália), a família Pissaia chegou ao Paraná em 1877.

Vô Vito (Arvito Pissaia) aprendeu com seu avô e seu pai, Alécio, a produzir seu próprio vinho. Nos dias atuais, a produção e o engarrafamento são realizados por seu genro, José Eloir, e sua família.

A vinícola produz vinhos tinto (Bordô) e vinhos branco (Niágara), nas opções seco e suave.  Além dos vinhos, o espaço oferece produtos coloniais, como queijos, salames e doces em conserva.

” UM BRINDE PARA CELEBRAR A VIDA A CADA DIA. SALUTE”
Aceitamos cartões de débito
Aberto todos os dias das 9h às 18h

Contato: (41) 3635-1046

www.vinhosvovito.com.br

facebook: VinhosVoVito

vinhosvovito@hotmail.com