Viajar pela Itália assistindo filmes

Viajar pela Itália assistindo filmes é uma alternativa quando o país da bota está tão longe e o dinheiro tão curto. Confira dicas de maravilhosos filmes para você viajar pela Itália, sem sair de casa. Confira:

Cartas para Julieta ( Gary Winick, 2010 )

Sophie (Amanda Seyfried) é uma aspirante a escritora que viaja para a Itália ao lado do noivo Victor (Gael García Bernal), que sonha em ter seu próprio restaurante.

Em Verona, onde se passou a história de Romeu e Julieta, local perfeito para uma lua de mel antecipada, Sophie acaba percebendo que seu noivo está mais interessado nos fornecedores para seu restaurante do que nela. Na cidade descobre uma antiga carta de amor e junta-se a um grupo de voluntárias que responde estas missivas amorosas.

Para sua surpresa, a remetente Claire Smith (Vanessa Redgrave) ouve o conselho dado na resposta e vai procurar Lorenzo, por quem se apaixonou na juventude.

Mas existem muitos italianos com o mesmo nome e Sophie demonstra interesse em ajudá-la na tarefa, desagradando o neto Charlie (Christopher Egan), que já tinha reprovado essa louca aventura da avó viúva.

 

Meus caros amigos ( Mario Monicelli, 1975 ) 

Este é para quem adora o lado B das viagens. Faz parte de uma trilogia que mostra Florença e arredores sob o cotidiano de um grupo de velhos amigos que vivem para pregar trotes nas pessoas.
O forte dessa comédia hilária é justamente a irreverência do grupo – e as cenas de uma Florença-não-turística.

A Princesa e o Plebeu ( Willian Wyler, 1953 ) 

Ao visitar Roma, Ann (Audrey Hepburn), uma princesa, resolve “passear” anonimamente e se envolve com Joe Bradley (Gregory Peck), um repórter que, ao reconhecê-la, tem a oportunidade de um “furo”, mas resolve por preservar Anne.

Bem vindo ao sul ( Luca Mineiro, 2010 ) 

Pense na rixa entre o italiano do norte e do sul. Agora, imagine um sujeito querendo ser transferido para Milão e por conta de um monte de enrascadas vai “de castigo” para Nápoles, por dois anos. É um desespero só, um mar de preconceitos quebrados e muitas surpresas.
Uma viagem muito visual pela Itália.

Fonte: www.asomadetodosafetos.com