Quero aprender mais sobre vinho, por onde começo?

Quero aprender mais sobre vinho, por onde começo?

Você não precisa ser um expert para apreciar uma boa garrafa da bebida. Para isso você precisa ter duas coisas:  a primeira delas é a vontade, a curiosidade de aprender um pouco. A segunda é a boca. Você pode ler milhares de livros, mas se você não praticar, não vai conseguir evoluir. E a grande diversão de gostar de vinhos está exatamente nessa parte – a de beber uma garrafa no fim do dia e compartilhar suas impressões com os amigos, ou família.

Você pode ler um pouco sobre os tipos de uva pra saber o que melhor se encaixa com o seu paladar, mas não precisa virar um expert em Malbec ou Merlot.

Vá brincando, tente diversas opções. Sempre que puder, vá até o mercado e escolha uma garrafa sem compromisso. Você vai descobrir um vinho novo e uma experiência nova cada vez que fizer isso. Aliás, muitas vezes o mesmo vinho comprado em duas oportunidades distintas pode te trazer experiências totalmente diferentes. Esteja aberto a experiências.
Então, o que eu preciso pra começar a beber vinho?

  1. Uma taça. Sim, porque é importante que você se ambiente com os acessórios antes. É preciso ser na taça? De preferência, sim. A taça completa a experiência de beber o vinho e ajuda a manter o líquido na temperatura ideal. Você não precisa de uma taça específica, qualquer taça serve. Depois você pode aprender sobre os diferentes tipos de taça, mas isso não é necessário nesse momento.
  2. Uma companhia não é necessária, mas ajuda bastante a trocar as experiências sensoriais que você está tendo com aquele vinho. E a máxima também funciona aqui, duas línguas sentem melhor que uma. Seu companheiro pode perceber aromas que você não percebeu e vice-versa. Beber vinho acompanhado é sempre mais legal!
  3. Determinação. Isso mesmo, você não pode deixar que o vinho vença você. Ele não morde, portanto, não tenha vergonha. Abra como você sabe, sirva como você sabe. Lembre-se: você é um aprendiz neste momento e errar é inevitável. A melhor maneira de aprender é errando. Permita-se.
  4. Esqueça a etiqueta do vinho. Para começar a beber vinho você não precisa ser elegante. Como eu já mencionei acima, você precisa é ser curioso. Deixe o serviço do vinho, as técnicas, o modo de segurar a taça, a garrafa e outros detalhes, pra depois. Agora você não precisa disso, e essas coisas só vão confundir a sua cabeça e tirar o foco do objetivo principal: conhecer o vinho.
  5. Um pouco de dinheiro. Sim, como todo hobby, este também vai lhe requerer algum investimento. Comece pelos vinhos mais baratos, um investimento de 20 a 30 reais em uma garrafa já pode começar a lhe mostrar bons vinhos.
  6. O Chile, a Argentina, a França e inclusive o Brasil fazem ótimos vinhos. São vários os países que produzem ótimos vinhos, você precisa saber escolhê-los. África do Sul é conhecida pelo seu ótimo Pinotage. Não subestime outros países. Dê abertura ao  novo.
  7. Que tal por uma meta para o mês? 2 garrafas de vinho, pelo menos. É um bom modo de começar a conhecê-los!

Fonte: www.vemdauva.com.br