Os benefícios da pipoca para sua saúde

Para assistir a um bom filme ou encarar uma maratona da série preferida, nada é melhor do que a companhia de um pote de pipoca.

Além de saboroso, será que o petisco é uma opção saudável para fazer parte dos lanches?

Pipoca é uma boa opção para o lanche?

Para a nutricionista Camilla Estima, a pipoca é uma opção de lanche saudável quando comparada a outras escolhas, como biscoito recheado e salgadinhos de pacote, fritos ou assados. “Biscoito recheado é cheio de gorduras saturadas e trans e os salgadinhos de pacote normalmente costumam ter alto teor de sal e gorduras. Já a pipoca é basicamente o próprio milho, alimento rico em carboidratos e fibras”, compara.  “Nosso corpo precisa de carboidrato e fibras para cumprir bem suas funções”, acrescenta a nutricionista.

A especialista alerta, no entanto, que é preciso tomar alguns cuidados na hora de preparar o alimento, para não cair em armadilhas. Dependendo dos ingredientes usados, o lanche saudável se transforma em uma porção de calorias, cheia de açúcar ou de temperos artificiais.

Quais os nutrientes da pipoca de milho?

O milho é um grão rico em polifenóis, poderosos antioxidantes. Como comparação, o alimento possui proporcionalmente mais antioxidantes do que muitas frutas e vegetais, porque tem pouca água em sua composição. Essas substâncias são essenciais para a saúde, porque protegem as células dos ataques dos radicais livres e previne doenças. Além disso, o milho é fonte vitaminas do complexo B, manganês, magnésio e fibras, presentes principalmente na casca. Como a pipoca preserva a parte externa do milho, é uma boa forma de consumir esses nutrientes sem perceber.

O alimento melhora o sistema digestivo?

As fibras presentes no milho ajudam no bom funcionamento do intestino. Também induzem a secreção dos sucos digestivos.

De que forma consumir pipoca de milho auxilia no controle do diabetes?

As fibras presentes no milho fazem com que o organismo absorva os carboidratos de forma mais lenta. Isso evita os picos de insulina e impede que o organismo desenvolva um quadro chamado de resistência à insulina, que leva ao diabetes tipo 2.

É verdade que a pipoca ajuda a combater doenças cardiovasculares?

Sim! Como se sabe, os polifenóis são antioxidantes importantes na luta contra os radicais livres, que danificam as células e contribuem para o aparecimento de problemas no coração e em outros órgãos, como pulmão e cérebro. Além disso, o consumo de fibras também ajuda a controlar os níveis de colesterol ruim (LDL) em nosso sangue e, com isso, previne o desenvolvimento de diversas doenças cardiovasculares.

 

 

 

Fonte: www.jasminealimentos.com