Jardim de suculentas: como começar o cultivo em casa

A única floricultura do Caminho do Vinho, Encantos do Jardim oferece uma linda variedade de suculentas. Saiba como cuidar delas.

1. Sol, por favor!
Por serem originárias de áreas desérticas ou com escassez de água, as suculentas gostam de sol e ambientes secos. Segundo Lidiane, o ideal é que as plantas fiquem pelo menos 3 horas expostas ao sol, preferencialmente pela manhã. “Elas podem ser colocadas em ambientes internos para decoração, mas devem ficar preferencialmente ao sol”, explica.

2. Onde manter a planta?
Como todas as variedades de suculentas devem ficar preferencialmente expostas ao sol, o ideal é cultivá-las em locais abertos. “A melhor opção é que fiquem fora de casa, em varandas e sacadas. Elas devem ser levadas para sombra principalmente à tarde, quando o sol é mais forte e pode queimar as folhas”, afirma Lidiane. Outro grande erro no cultivo de suculentas, segundo a paisagista, é deixar os vasos em banheiros. “A falta de ventilação e luz não beneficiam o cultivo delas”, afirma.

3. Água na medida certa
As suculentas não exigem água com tanta frequência. Se as plantas estiverem em locais cobertos, regas semanais são suficientes para garantir sua beleza. A dica é observar as folhas. “Se começarem a ficar enrugadas e murchas, é falta de água. Já se as folhas da base começarem a ficar moles e translúcidas como gelatina, é excesso”, afirma Lidiane.

4. Poda e disposição
Lidiane explica que as suculentas não precisam ser podadas, apenas se houver o interesse em que elas se propaguem. Outra dica para garantir a saúde da planta é rodear o vazo de pedras, que ajudam na drenagem da água, evitam o acúmulo que é prejudicial às raízes e causam apodrecimento. “Sempre faço uma cobertura com pedriscos, que evitam o aparecimento de ervas daninhas e mantém a umidade superficial”, revela a paisagista.

5. Fertilizantes
Suculentas criadas em casa não necessitam de fertilizantes. No entanto, a paisagista reforça que os vasos devem ter o substrato trocado anualmente. “Isso ajuda no crescimento e no vigor das plantas”, afirma.

6. Doenças comuns
Como todas as outras plantas, as suculentas podem ter doenças e ser atacadas por pragas. Caramujos, lesmas e fungos podem aparecer eventualmente. Lidiane explica que isso acontece quando as suculentas não estão nas condições adequadas ao seu desenvolvimento. Em tempo: a falta de luz solar, excesso de água e a dosagem errada de substrato são os principais inimigos do cultivo de suculentas. “Quando a planta não está na condição correta, sua imunidade cai e fica suscetível ao aparecimento de pragas e doenças”, conclui.

Fonte: http://www.disneybabble.com.br/