Globo.com (G1 Paraná) – Caminho do Vinho é opção de turismo na Região de Curitiba

c04

Desligue o celular. Como em boa parte das áreas rurais, o sinal das operadoras também é fraco na Colônia Mergulhão, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Além disso, você precisará de bastante bateria no aparelho para contar aos amigos todas as histórias que ouvirá após cruzar o portal que indica o início do Caminho do Vinho. E, tal como manda a tradição italiana, o que não faltam no Caminho do Vinho são boas histórias para se ouvir.

A primeira história é a da própria colônia, que nasceu no fim do século 19, quando algumas famílias de imigrantes italianos chegaram ao litoral paranaense, mas não se adaptaram ao clima e subiram a serra.

Como conta a presidente da Associação Caminho do Vinho, Rosana Juliatto Pissaia, na época da chegada dos primeiros italianos, a região era dominada por poloneses, que hoje se concentram na Colônia Muricy, próximo ao Mergulhão. “Para se estabelecerem no local, os italianos acabaram se adaptando aos costumes poloneses, iam à igreja deles, enfim, acabaram perdendo parte da sua identidade”, diz. Segundo Rosana, um dos objetivos do Caminho do Vinho é resgatar a cultura que quase se perdeu ao longo dos anos.