Como escolher vinho pela uva? Saiba quais são as mais apreciadas no Brasil e no mundo

Como escolher vinho pela uva? Saiba quais são as mais apreciadas no Brasil e no mundo

Produzir vinho é uma tradição tão milenar e existe no mundo uma variedade de uvas enorme, que se você quisesse beber um vinho diferente em cada dia da sua vida, não teria tempo suficiente para provar todos.

Além da infinidade dos tipos de uvas existentes, praticamente todas podem ser mescladas na hora de fazer um vinho. Até mesmo a variedade branca com tinta, como acontece em algumas regiões da França. Para começar a entender qual a sua preferida, conheça as mais apreciadas e consumidas no mundo.

Variedades de uva 

Cabernet Sauvignon 

É resultado do cruzamento da Cabernet Franc com a Sauvignon Blanc, conhecida como a “rainha das uvas tintas”. É a casta mais conhecida em todo o mundo e plantada em praticamente todos os países produtores de uva. Dela sai um vinho intenso, forte, com bastante tanino e com aromas de groselha, ameixas pretas, amoras, hortelã, pimenta, eucalipto, madeira de cedro, folha de tomate, chocolate preto e, sua principal característica, o aroma de pimentão.

Pinot Noir

A uva é originária da Borgonha e produz os vinhos mais apreciados do mundo, além de fazer parte da receita que compõe os vinhos espumantes. Em geral o vinho tem uma cor um pouco mais leve, mais translúcido, mas nem por isso é uma uva leve. A bebida tem aromas de framboesa, morango, cereja, grãos de café ou moca.

Syrah 

Também conhecida como Shiraz (principalmente na Austrália), essa uva faz vinhos densos, ricos, fortes, com bastante álcool e com um toque apimentado, que é sua característica dela. Alem disso, os principais aromas a serem encontrados num vinho Syrah são: cerejas pretas, groselhas, amoras, ameixas, damascos, alcaçuz, gengibre, chocolate preto.

Tempranillo 

Considerada a melhor uva tinta espanhola, cultivada nas regiões de Rioja e Ribeira del Duero, dá origem a um vinho colorido, com baixa acidez, pouco tanino e que envelhece bem no barril de carvalho, o que lhe confere aromas de tabaco.

Tannat

A Tannat é uma uva bastante difundida no Uruguai, já que também combina perfeitamente com uma boa carne. Bastante tânica, muitas vezes ela dá aquela sensação de gengiva seca, que é ideal para apreciar carnes gordurosas, já que o vinho traz a sensação de “boca limpa”. Sua principal característica são o sabor de frutas vermelhas e um toque terroso, de “terra molhada”.

Malbec

Embora seja originária de Bordeaux, onde é usada somente misturada a outras castas, é atualmente mais famosa uva da Argentina. A Malbec é uma uva que tem uma casca muito grossa para resistir às altas temperaturas de lugares como Mendoza, que é um deserto. Por isso, dela saem vinhos bastante encorpados, intensos, daqueles que pintam os dentes. Seus aromas mais típicos são os de frutas vermelhas misturadas com violeta. Também é uma excelente combinação para carnes.

Carmenere

A Carmenere é a uva do Chile, originária de Bordeaux na França. Sua história conta que ela foi esquecida pelo mundo todo e depois redescoberta lá no Chile, onde se deu muito bem. Porém, atualmente é produzida na Califórnia e na Argentina. A principal característica dela é um aroma de goiaba intenso, principalmente nos vinhos mais baratos.

 

Fonte: www.vix.com