Cozinhar com vinho: regras básicas para usar a bebida nas receitas

O vinho sempre é ótimo acompanhamento para uma refeição.

Mas também costuma ser utilizado na culinária como tempero ou ingrediente. Pode estar presente em pratos clássicos ou em receitas inusitadas, dando um toque de requinte.

Geralmente a bebida é utilizada em três etapas na cozinha: pré-preparo (na marinada, quando o alimento fica imerso em meio ácido), como ingrediente/tempero na hora do cozimento (momento da panela) e em molhos ou reduções.

Além disso, pode aparecer em pequenas porções, no caso do uso de apenas uma taça para o cozimento, ou em grandes quantidades, quando é necessário usar uma garrafa inteira para preparar uma receita.

É importante lembrar de harmonizar o prato com um rótulo que possui as mesmas características daquele que foi usado no cozimento. Na cozinha, utilize apenas um vinho que você beberia, um do qual já conhece o sabor. Não ache que apenas vinho barato serve para cozinhar. Pelo contrário, a qualidade é muito importante e faz toda a diferença no sabor, uma vez que o álcool evapora, permanecendo somente o gosto da bebida.

Fonte: https://www.metropoles.com