Conheça boas razões para não excluir o pão da sua dieta

O pão muitas vezes é visto como vilão, especialmente durante dietas.

Porém, de acordo com o site Female First , a Federação das Padarias dos Estados Unidos lançou uma campanha que ressalta os benefícios do pão em nossa vida cotidiana. Apesar das calorias, esse alimento também aparece como uma ótima fonte de nutrientes.

“Apesar de pão com um elevado teor nutricional, é muitas vezes a primeira coisa que eu vejo excluída das dietas das pessoas quando eles querem perder peso. Embora a maioria das pessoas pense que pão é igual a carboidratos, ele, na verdade, também nos dá proteína, juntamente com uma grande variedade de minerais. Ela ainda possui cálcio, ferro, para não mencionar uma grande variedade de vitaminas e fibras”, defende a nutricionista Amanda Ursell.

Segundo a especialista, há muitos mitos ao redor o consumo de carboidratos e do pão. Nos últimos anos o consumo desse alimento vem caindo, enquanto os índices de obesidade aumentam.

Apesar dos benefícios o pão é realmente calórico por isso deve ser consumido com moderação, mas não cortado da dieta. De acordo com a especialista, a variedade integral é a melhor opção, já que é mais fácil de digerir e possui carboidratos mais complexos, sendo ideal para quem quer controlar o peso.

DE MANHÃ PARA DAR ENERGIA!

O hábito leva-nos a optar pelos sabores de sempre: Fiambre, queijo, chocolate, doce que muitas vezes aumenta as calorias do pão. Mas esquecemos que o pão pode ter outros sabores: Orégano, tomate, alho, cebola, azeitonas… A possibilidade de fazer pão em casa tem a vantagem de que pode escolher as melhores farinhas, fermento, ingredientes e criar o pão do seu gosto, e em função das suas necessidades calóricas.

A merenda é outro momento do dia a valorizar. A pensar em você e nos seus filhos, o pão ficará mais apetecível se lhe juntar especiarias, ervas aromáticas ou fruta. Assim, ao adicionar canela, passas, leite ou mel está a garantir que ingere menos bolos, folhados ou croissants, que geralmente têm maior valor calórico. Outra vantagem é que consegue, sem dificuldade, reduzir a quantidade de ingrediente adicionado, de gordura e sal, já que o sabor emprestado pelos novos ingredientes permite-lhe ter um pão saboroso e apetecível ao olhar.

À NOITE PARA RECONFORTAR!

Mesmo nas refeições ligeiras, o pão feito em casa é uma alternativa mais saudável às refeições pré-confeccionadas, normalmente com teor de gordura e sal acima do recomendado. Saboreado com peso e medida, poderá adicionar ao seu pão cebola, azeitonas, pedacinhos de bacon. Se bem que estará a adicionar algum valor calórico ao pão, a verdade é que a refeição fica mais equilibrada se acompanhar com uma sopa de legumes ou hortaliças, saladas frias, sem outros hidratos de carbono (ex. massas). No fundo, poderá fazer uma refeição ligeira para o final do dia, sem recorrer a alternativas menos equilibradas como folhados, fritos ou panados.

O pão enriquecido pode ser enquadrado numa alimentação equilibrada, basta consumi-lo de forma mais adequada e ajustando as quantidades ingeridas. Por outro lado, também aprenderá a preparar, por exemplo, sandes menos calóricas, uma vez que o sabor emprestado por estes novos ingredientes ajudará a reduzir a gordura e sal presentes dos acompanhamentos mais tradicionais. No fundo, é seguir os passos dos nossos avós, e voltar a fazer o pão em casa, ao seu gosto! A sua criatividade é o limite!

Fonte: www.terra.com.br e www.corposaudavel.net