Como guardar vinhos em casa

 

Quando o assunto é guardar vinhos em casa, as adegas climatizadas são a primeira opção. Porém, o investimento é relativamente alto e pouco útil para alguns, principalmente para quem não possui a intenção de guardar rótulos por muito tempo.

Para os que pretendem adquirir uma adega climatizada, é recomendado verificar alguns pontos e, assim, garantir a qualidade do produto e evitar imprevistos ou danos nos vinhos.

Agora, os que optaram por adaptar um ambiente em casa para armazenar as garrafas podem seguir as seguintes dicas:

1 – Se sua casa possui um porão, ele será o melhor lugar para armazenar seus vinhos. Além de serem naturalmente úmidos, também são frescos e sem incidência direta de luminosidade.

2 – Já quem não tem um porão em casa, deve procurar espaços com umidade balanceada. Caso contrário, a baixa umidade pode causar o ressecamento da rolha e o excesso pode mofar os vinhos.

3 – Mantenha as garrafas distantes de locais que sofrem muita variação de temperatura, como perto do fogão. Vale lembrar que temperaturas muito altas aceleram a evolução do vinho e as mais baixas atrasam o desenvolvimento normal da bebida.

4 – O indicado é armazenar as garrafas entre 14°C e 18°C, temperatura de consumo dos vinhos tintos. Não existe nenhum problema em armazenar brancos e espumantes nessas mesmas variações. Porém, antes do consumo eles devem ser resfriados até atingirem as temperaturas de serviço indicadas.

5 – O vinho também precisa estar em um local que não sofra com a incidência direta da luz solar ou de lâmpadas fluorescentes. A exposição solar altera a composição molecular do vinho, provocando sua oxidação.

6 – Por fim, o ambiente em que os vinhos forem alocados deve ser livre de trepidações. Afinal, vibrações frequentes também aceleram a evolução do vinho.

Fonte: http://www.sommelierwine.com.br/