Começa produção de vinho 2015 na Colônia Mergulhão

Para atender a demanda dos visitantes e manter a tradição das famílias que se estabeleceram na Colônia Mergulhão, empreendimentos de vinho colonial do Caminho do Vinho de São José dos Pinhais iniciam a produção do ano de 2015.

É no mês de fevereiro de cada ano que os produtores de vinho recebem as uvas, que vem do Rio Grande do Sul, “uma vez que a produção da fruta não encontrou condições apropriadas em São José dos Pinhais”, explica Marina Pissaia que, juntamente com a mãe Bernadete Scrobote, administra o empreendimento Cantina Della Mamma.

Segundo Pissaia, quando os primeiros italianos chegaram à região da Colônia Mergulhão, junto chegou a tradição de beber e produzir vinho. Inicialmente as famílias faziam o vinho para consumo próprio, porém nas festividades de família e reuniões com amigos, a bebida foi se popularizando devido às peculiaridades de sua produção, qualidade e sabor.

O vinho colonial se caracteriza primeiramente pela escolha da uva utilizada em sua confecção, as chamadas uvas de mesa. As mais consumidas são a da variedade Niágara – para os vinhos brancos, e a Bordeaux para o tinto. Outra característica do vinho de colônia é o tempo que leva do preparo ao consumo, período este de até três meses, além da fermentação inicial com a casca da fruta e a adição de açúcar.

Em média um quilo de uva rende uma garrafa de vinho com 750 ml. Seguindo padrões de produção e higiene dos órgãos reguladores, hoje os vinhos da Colônia Mergulhão passam por tonéis de inox entre uma trasfega e outra, que é a ação de passar o vinho de um tonel para outro.

A fermentação inicial com as cascas leva cerca de cinco dias. Após esse tempo, as cascas são separadas e é feita a primeira trasfega, com mais 20 dias, faz-se outra e mais 20 dias a próxima. Neste estágio o vinho descansa por 40 dias e passa pela última trasfega, ficando então mais 40 dias descansando e totalmente lacrado, para somente depois desse período ser envazado e comercializado.

Para mais informações os interessados podem entrar em contato com a Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo, através do telefone (41) 3381-5812 ou pelo site do Caminho do Vinho.

 

Fonte: Sjp.pr.gov.br | Foto: Ary Portugal/PMSJP