Benefícios do vinho para a saúde em tintos e brancos, segundo estudos recentes

Benefícios do vinho para a saúde em tintos e brancos, segundo estudos recentes.

Que o vinho faz bem a saúde, nós já sabemos. Os médicos indicam isso. Normalmente, estes benefícios do vinho para a saúde sempre estiveram associados ao consumo do vinho tinto. Dois estudos recentes, entretanto, indicam que o vinho branco também traz estes mesmos benefícios à saúde.

Recentemente o portal espanhol Recetum publicou um artigo compilando estes estudos e seus resultados. O vinho branco tem os mesmos benefícios para a saúde que o vinho tinto

Dois estudos independentes, recém publicados, indicam que os benefícios do vinho branco para a saúde são os mesmos encontrados no vinho tinto.

Um dos estudos se concentrou nos benefícios do vinho para o funcionamento cardíaco e o outro nos efeitos do vinho sobre a diabetes. Ambos concluíram que o vinho branco era tão efetivo quanto o vinho tinto na regulação dos níveis de colesterol e glicose (primeiro e segundo estudos, respectivamente).

Sempre foi comum a prescrição de uma taça de vinho tinto junto às refeições para os portadores da diabetes do tipo 2. Além disto e das sabidas propriedades anti-inflamatórias, outros estudos recentes também indicam benefícios em enfermidades de aparição tardia, como o Alzheimer e a demência.

O vinho tinto, também, sabidamente atua no retardo do surgimento de muitos tipos de câncer.

De certa forma, estes benefícios do vinho explicaram por muito tempo o paradoxo francês, em que a dieta excessivamente baseada em gorduras e proteínas era corrigida pelo alto consumo de vinho tinto.

Entretanto, estes dois estudos recém publicados, indicam que também no vinho branco encontramos os mesmos benefícios do vinho para a saúde humana.

O primeiro estudo, In Vino Veritas, foi apresentado à Sociedade Europeia de Cardiologia, e trabalhou com uma amostra de 146 indivíduos. 50% beberam um vinho tinto elaborado a partir de Pinot Noir e a outra metade, um vinho branco, corte de Chardonnay com Pinot. Os dois grupos fizeram exames de controle duas vezes por semana.

Ao final, o estudo não encontrou nenhuma diferença na regulação do colesterol entre os dois grupos. “As duas dietas de vinho trouxeram melhoras significativas aos níveis de colesterol dos indivíduos”, informaram os pesquisadores.

O segundo estudo, Consumo moderado de vinho em adultos com diabetes tipo 2, publicado recentemente pela revista Annals of Internal Medicine, encontrou resultados semelhantes em pacientes com diabetes do tipo 2.

Foram estudados 224 indivíduos, divididos em três grupos. Um grupo bebeu vinho tinto, o outro vinho branco e o terceiro, o grupo de controle, apenas água.

A ingesta das bebidas foi feita junto com o jantar, durante mais de dois anos. Houve, ainda, a sugestão para uma dieta mediterrânica sem restrições calóricas.

Também neste estudo, não se encontrou diferenças na regulação dos níveis de glicose nos pacientes diabéticos. Os dois vinhos, branco e tinto, apresentaram os mesmos resultados.

Estes estudos demonstraram que o vinho branco tem muitos dos mesmos flavonoides vegetais que encontramos no vinho tinto. Há, também, evidências de que o vinho branco pode apresentar mais antioxidantes do que o vinho tinto.

 

Fonte: http://vinhosdehoje.com.br/