As cervejas artesanais

O líquido dourado realmente conquistou toda a humanidade e esta preferência só tem aumentado entre os consumidores que, independentemente da ocasião, fazem da cerveja a convidada especial.

E falando em especial, elas, as cervejas artesanais, são as novas atrações para quem quer beber melhor, confira:

Sucesso e o brasileiro se interessa cada vez mais por este tipo de produto, que oferece uma experiência melhor em termos de sabores. O consumo no Brasil ainda é considerado pequeno se comparado com outros países, como Alemanha e Bélgica, onde as cervejas artesanais já fazem parte da rotina de seus consumidores.

Em essencial, um produto artesanal é aquele feito manualmente, com a utilização de máquinas rústicas ou sem a utilização de técnicas industriais e meios sofisticadosNo caso da cerveja, sua produção é realizada de maneira mais atenciosa, fabricada a partir de 100% de cereais maltados, sem a adição de milho ou outros cereais, atribuindo uma maior diversidade em sua composição. Estes cervejas contém sabores e aromas variados, com elementos que buscam sempre surpreender seu público.

As cervejas artesanais partem de uma verdadeira preparação gastronômica, muitas vezes com ingredientes importados, selecionando um público mais exigente e apreciador de novidades e preparos gourmet. Até mesmo as garrafas e copos ganham uma atenção especial no momento da degustação, influenciando toda a experiência.

Uma cerveja artesanal pode custar três vezes ou mais o preço de uma cerveja comum, mas deve-se levar em consideração os custos de produção, que envolvem questões burocráticas, juntamente com a procura por matérias primas de qualidade. O valor destes produtos está ligado ao preço dos ingredientes, como o malte e o cerrado, que possuem um custo mais elevado para seus produtores. Devido a isso, a maioria das cervejarias industriais economizam o quanto podem e investem na produção de apenas um tipo de cerveja, como a Pilsen. Já as cervejarias artesanais investem em uma variedade muito grande de produtos, chegando a 80 tipos. Os apreciadores já tem a consciência de que há um custo maior em relação ao preços das cervejas artesanais, com isso o que fica válido é a experiência de beber melhor.

Os bares e comércios especializados são o ponto de encontro ideal para quem quer degustar cervejas artesanais e compartilhar suas experiências e, cada vez mais, eventos relacionados a cervejas são criados para divulgarem novas marcas e composições interessantes, atraindo cada vez mais o interesse do consumidor.

 

 

Fonte: www.produtosfinos.com.br