Amigos, boa conversa e vinho

Quando receber amigos em casa, lembre-se de que o vinho é uma bebida perfeita para compartilhar.

Em dias quentes, pode-se optar pelos brancos ou pelos espumantes. Os tintos mais leves, como os da uva pinot noir, são uma bela escolha.

Porém, se você for receber convidados para um almoço ou um jantar, há uma regra básica que pode servir de guia: a harmonização com os pratos a serem servidos.

“Para facilitar, deve-se partir de uma premissa básica: vinhos brancos com peixes, e vinhos tintos com carnes vermelhas. É claro que há exceções, mas usando essa premissa nesse momento não haverá erro”, ensina Ana Cristina Fulgêncio, sommelière da Wine.

“É importante ter em mente que espumantes como os brut são coringas. Podem ser servidos desde as entradas até os pratos principais.”

Já para recepções em que serão servidos apenas petiscos, ótimas opções são os espumantes ou os tintos não muito pesados.

Outra etapa a merecer um bom acompanhamento de vinhos é a da sobremesa, que, segundo a especialista, “também deve ser analisada”.

“Se a sobremesa tiver chocolate, como um bolo ou um brownie, deve-se pensar em um vinho licoroso, como o do Porto.”

“Mas, se a sobremesa for um crème brûlée, por exemplo, os ‘late harvest’ brancos vão combinar muito bem”, completa a sommelière.

“Se for algo com calda de frutas vermelhas, um espumante rosé ou um tinto demi-sec ou até mesmo doce, será um casamento perfeito”, conta Ana Cristina.

O vinho é também excelente para presentear os amigos. “Para ajudar na decisão, é sempre bom sondar com a pessoa o tipo de vinho que ela gosta de beber, pois a sua chance de acertar aumenta. Se isso for difícil, sugiro apostar naquilo a que o paladar do brasileiro está mais adaptado, como cabernet sauvignon ou chardonnay (as rainhas das uvas tintas e brancas, respectivamente) ou malbec (a uva mais conhecida da Argentina)”, diz Ana Cristina. “Devemos dar um vinho branco apenas para pessoas que temos certeza de que gostam desse tipo”, completa ela.

Se for um presente para comemorações como casamentos, formaturas ou aniversários, a sommelière sugere “arriscar em um espumante (até mesmo um champagne!) para comemorar esse momento único”.

Fonte: http://estudio.folha.uol.com.br/